Jump to content
Sign in to follow this  
You need to play a total of 10 battles to post in this section.
Gneisenau013

Guia Contratorpedeiro francês de Kami!

1 comment in this topic

Recommended Posts

1,661
[WG]
Administrator, Developers
1,580 posts
9,782 battles

frdd.png

Olá Capitão,

Bem-vindo ao Guia Kami para jogar com o Contratorpedeiro francês e o Bayard!

Introdução: 

Liberamos os contratorpedeiros franceses para o jogo em acesso antecipado e eles trazem uma experiência inovadora. Os contratorpedeiros franceses combinam velocidade, torpedos rápidos de alcance médio, canhões de impacto e um traçado gracioso!  Eles se destacam duas razões: Velocidade e mais velocidade, impulsionador de recarga da bateria principal começando no Nível VI. Do Nível VIII em diante, têm trajetórias de munição AP e o seu chassi se diferencia de sua classe.  Uma grande característica que você perceber é que não há gerador de fumaça em nenhum dos navios na linha. Eu vou falar de como usar essa novidade: habilidades de comandante, módulos, táticas e dicas,

Atenção: o Mogador e o Kleber só poderão ser pesquisados na Atualização 0.8.8. (esse é o patch de atualização oficial)

Antes de mais nada, vamos falar do basicão!

  • •    Eles são rápidos, então preste muita atenção para onde você vai!
    •    Não confie somente na sua velocidade para superar obstáculos
    •    A partir do Nível VIII, a trajetória do torpedo flui melhor, então use AP!
    •    Seus torpedos ficam mais rápidos em níveis mais alto, mas eles funcionam mais para defesa ou emboscada
    •    Use o impulso para poder atacar inimigos em desvantagem
    •    Sempre tenha uma rota de fuga! Saiba seu posicionamento e do seu adversário… Sempre.

Sobre as Habilidades de Comandante:

Habilidades de Comandante: Aqui é onde você pode ter algumas variações; eu estudei bem o material e vou passar como eu vou montar tudo.

Os pontos fortes e fracos dos contratorpedeiros estão aqui: https://worldofwarships.com/pt-br/content/captains-skills/?skills=1,9,12,20,23,25,28&ship=Destroyer

Vou explicar a minha escolha:

skill.PNG

  • Alvo Prioritário: esse sempre vai ser a primeira habilidade que eu vou escolher. Não tem motive para não escolher, a não ser que você me convença através de uma boa linha de raciocínio e explique tim tim por tim tim; quem sabe eu possa mudar de ideia?
  • Último Esforço: é obrigatória para qualquer contratorpedeiro. É como navegar numa banheira, sem rumo, perdido no oceano. Sem a potência do motor você vai parar e, parado, você vai ser levado para onde a maré quiser, não para onde precisa ir.
  • Perito em Sobrevivência: aqui, você pode argumentar para tomar o Superintendente também, mas eu escolhi Perito pelo HP adicional. Quando você combina isso com o novo comandante francês, vai perceber que vai ser sucesso. Lembre-se que o capitão está previsto para chegar no 0.8.7. e nesse link você encontra mais informações sobre ele: https://forum.worldofwarships.com/topic/195781-st-french-arc-part-2-new-unique-commander-and-collection/
  • Especialista em Ocultação: já sei que os contratorpedeiros franceses não tem fumaça para ajudar na sua ocultação, mas com essa especialidade você pode tentar gerar uma oportunidade de ataque melhor e também para quando precisar fazer aquela retirada estratégica.

 

Eu investiria os meus 10 primeiros pontos assim, mas pode ser que você queira mudar Perito em Sobrevivência para Treinamento Básico de Disparo e Especialista em Ocultação para Treinamento Avançado de Combate para agir mais como um navio de guerra. Para o meu comandante de 19 pontos, eu ainda colocaria:

  • Treinamento Avançado de Combate: mais alcance de armas, mais dano para direcionar para o inimigo.
  • Treinamento Básico de Disparo: para continuarmos na linha de um navio de guerra – com esta habilidade, o recarregamento de munições se torna mais rápido.
  • Corrida de Adrenalina: essa habilidade é quase um bateu, levou; quanto mais dano você recebe, mais dano você causa. O seu tempo para recarga diminui!

Essa seria a minha distribuição inicial de pontos em um CT francês com um comandante de 19 pontos. Aqui, com certeza cabe um debate produtivo. Eu acho essa combinação bem certeira e equilibrada. Mas, me diz, o que você escolheria no meu lugar? Trocaria alguma coisa?

Quanto maior o nível do seu navio, tenha certeza de que acompanhou essa evolução ao escolher os melhores módulos. Você vai conseguir habilitar mais módulos na medida em que progride na árvore francesa, de acordo com o seu nível. Já que estamos falando de módulos, vou recomendar para você algumas opções. 

Atualizações: quando puderem ser aplicadas

Módulo 1: Modificação do Armamento Principal 1 e… Sem maiores explicações.

Módulo 2: Modificação na Potência do Motor, garantindo mais velocidade através do mapa.

Módulo 3: Modificação no Sistema de Aquisição de Alvo 1 seria a minha principal escolha. Se bem que, não vejo nada mais que possa se encaixar.

Módulo 4: Modificação da Propulsão 2 é a minha predileta, mas Propulsão do Módulo 1 também pode ser muito útil. Aqui, é uma questão de gosto.

Módulo 5: Modificação do Sistema de Ocultamento 1 é sempre a minha escolha em todo navio que permite equipá-lo. Você pode usar Modificação da Propulsão 1 caso você queira seguir essa linha de aprimoramento… Olha, fiquei curioso. Se você escolher essa opção, compartilha os resultados comigo?

Módulo 6: Modificação da Bateria Principal 3 aumentar potência para o dano da torre. Até que não fica ruim desse jeito, né?

Consumíveis: sempre os Premium. Afinal, eles são um bom prêmio.

Equipe de Controle de Danos: usando esse consumível Premium, facilita o controle de dano.

Impulso do Motor: bom, ele impulsiona o motor. O motor, o navio… O navio pelo mapa…

Reforço de Carga da Bateria Principal: se você queria explodir o adversário, você achou seu consumível. Se você sobreviveu a batalha e não zerou ele, acho que jogou errado. Ele é um diferencial e tanto no momento mais oportuno!

 

Agora, vamos falar de cada contratorpedeiro!

Fr DDs.jpg

Atenção: o nosso gráfico irado mostra que você pode ganhar acesso antecipado do nível V ao IX. Os níveis II a IV só chegam na 0.8.7 e o Kleber na 0.8.8.

Vamos falar dos pontos fortes e fracos de uma maneira geral. Certos navios vão precisar de um detalhamento maior e estou aqui para isso!

Pontos Fortes:

  • Primeiro temos velocidade. Depois, mais velocidade. É aquele Deus me livre, mas quem me dera. “Com grandes velocidades, vem grandes poderes”. Em outras palavras, apressado como cru e você pode ficar no meio do oceano, sem ajuda alguma. E já pensou se você encontra um porta-aviões? Talvez o resultado seja desastroso. Caso não tenha nenhum no jogo, a sua melhor estratégia é flanquear e causar dano. Mas sempre de olho no mapa – você pode ajudar a combater um contratorpedeiro ou cruzador inimigo
  • Nível VII e penetração com munição AP. Aqui é onde você vai brilhar ao combinar seus canhões com o Reforço de Carga da Bateria Principal. Com uma mais trajetória de disparo mais precisa, você pode combater a uma distância mais segura.
  • Reforço de Carga da Bateria Principal: isso é muito importante para o seu dano de explosão e seu dano geral. Primeiro de tudo, seu dano de explosão, é onde o impulse de carga atua e causa uma boa quantidade de dano em um curto espaço de tempo. Como usar esse consumível? Navios que acabaram de usar Equipe de Controle da Danos, navios de baixo com pouco HP e navios em rota de colisão que você pode destruir rapidamente. Para ter um bom dano global, é bom gastar todos esses consumíveis na batalha.
  • Você pode dar suporte como contratorpedeira! Que tal usar aquela fumaça, melhorar sua ocultação e disparar de uma posição privilegiada? Sempre se comunique com os seus aliados para que essas ações gerem resultados efetivos.

Bom, foram esses os pontos fortes que eu me lembrei agora! Se lembrar de mais alguma, me avisa.

Pontos Fracos:

  • Velocidade! Eu sei, também está lá em cima, em pontos fortes. Pode virar um ponto fraco se você ficar exposto no mar aberto – o que pode acontecer com facilidade, se você estiver distraído. Saiba bem como usar a sua velocidade, flanqueie ou cause no “pelotão do meio” adversário. Preste atenção no mapa, identifique aliados e o seus inimigos mais perigosos. Navios com radar, outros contratorpedeiros e aviões.
  • Defesa contra aviões: não é o forte dos CT, com certeza. Evite os aviões o máximo que puder, ainda mais se tiver um porta-aviões no jogo.
  • SEM FUMAÇA: atenção, esses navios não tem gerador de fumaça. Use sua habilidade para desviar, use a fumaça do seu aliado e tenha certeza de que pintaram um alvo no seu navio. Aqui é o desafio de se superar sem fumaça para não afundar.
  • "Tankando na correria" – talvez seja a estratégia mais doida e a mais ousada para tankar o dano. Você basicamente chama a atenção do adversário para ele disparar em você, e, bom… Você vai desviando dos disparos. Para fazer isso em um CT sem fumaça e HP, você tem que ter coragem. Muita coragem.
  • Silhuetas enormes de navio. Quanto maior o inimigo, mais fácil de acertar. É mais fácil de acertar você por isso, o que pode trazer uma dificuldade mais desafiadora caso você tenha pela frente um Cruzador com munição PE e… Bom, você de alvo.

Acho que esse foi o básico dos pontos fracos, bem basicão mesmo… Bom, se eu lembrar de mais alguma coisa relevante, vou avisar você!

E os últimos serão os primeiros… Ou o primeiro, o Bayard!

Bayard.jpg

Habilidades de Comandante:

bayard.PNG

  • Nível 1: Alvo Prioritário – é a melhor escolha para o Nível 1.
  • Nível 2: Atirador Especialista – torres com mais agilidade são lindas. Corrida de Adrenalina até é uma opção, mas não escolheria ela.
  • Nível 3: Superintendente – quanto mais consumíveis melhor!
  • Nível 4: Fusível de Inércia para Projéteis PE – essa habilidade vai fazer o seu canhão de 152mm ter um dano consistente. Aumenta a penetração na blindagem do seu inimigo.

 

Caso queira usar, temos essas opções: 

  • Especialista em Ocultação – Er, bom… Ajuda na Ocultação.
  • Especialista em Demolição – aumenta a chance dos projéteis PE provocarem incêndio no alvo
  • Corrida de Adrenalina – pode escolher essa para o Nível 2. Mas não é a minha opção, ok?

Eu posso estar errado, quem não erra? Se compartilhar sua opinião comigo, garanto que nós dois vamos aprender. 

Atualização Módulos:

  • Módulo 1: Modificação no Armamento Principal 1
  • Módulo 2: Modificação no Impulso do Motor 1
  • Módulo 3: Modificações dos Canhões AA 1
  • Módulo 4: Modificação da Propulsão 1
  • Módulo 5: Modificação do Sistema de Ocultamento 1

Consumíveis: Premium. Sempre.

Equipe de Controle de Danos: para toda a tripulação =).

Fogo Defensivo: Com o Bayard sendo do Nível VIII, você vai ver mais porta-aviões.

Impulso de Motor: Acelera!

MBRB: Com toda essa lista, seu potencial vai com certeza viajar em águas calmas.

Pontos Fortes:

  • Velocidade: assim como todo contratorpedeiro francês. Lembre sempre que você tem que prestar atenção no mapa e no que está por perto. Não seja afobado em avançar e tente sempre manter uma distância de segurança
  • Arco da Munição: os arcos no Bayard permitem que você jogue com o navio de algumas maneiras diferentes. Você pode partir para o mar aberto, atirando em tudo ou você pode ficar atrás de uma ilha e atirar dessa maneira. Estes são 2 estilos completamente diferentes e você pode escolher o que fazer com o Bayard. Eu prefiro de partir para o mar aberto e usar a velocidade para ajudar a desviar dos disparos. Para mim, a morte é ficar atrás de uma ilha, me distrair e, bom… Acabar morto. Vê o que funciona melhor para você.
  • Taxa de Disparo: o Bayard tem um poder de fogo e pode aumentar ainda mais se você usar o Fusível de Inércia para Projéteis PE. Você vai ter mais dano do que o Cleveland – o que faz com que mesmo a uma distância maior, seja efetivo em combate. Use essa vantagem para poder mirar sempre melhor.
  • Modificação da Bateria Principal: assim como os CT franceses, esse tem que ser o seu foco para causar ainda mais dano. Gaste tudo na batalha. Sei que pode parecer meio repetitivo sobre esse assunto, mas é essencial. Esse pode ser o seu divisor de águas nos mares de guerra.

Pontos Fracos:

  • Velocidade: sim, de novo… E sim, vamos comparar de novo com os CT franceses. Tenha certeza absoluta do posicionamento do seu time, caso contrário vai se dar mal. Como um Cruzador Leve, você pode pode progredir e tentar flanquear seu inimigo… Mas atenção: faça isso sempre pensando em como reagir rapidamente. Não se afobe para não ficar exposto.
  • Fraquinho: o Bayard não aguentar tomar muito dano, então não fique tankando. Sua blindagem de 16 mm é para lá de frágil. A maneira mais inteligente para sobreviver é usar a sua velocidade – essa é a sua verdadeira blindagem. Mude o foco do inimigo para um aliado que possa realmente exercer esse papel.
  • HP mediano: não seria uma desvantagem, mas se torna porque você não consegue recuperar o dano tomado. Aproveita ao máximo ele e sempre avalie suas oportunidades de avançar e recuar.

E esses foram os pontos fortes e fracos do Bayard. Compartilhe o que achou desta novidade para que eu também possa aprender com você!

 Oi Capitão,

Eu sei que o texto foi longo e que eu posso ter me enrolado nessa explicação. Por favor, vamos debater mais sobre os CT franceses e o Bayard! Compartilhe comigo sua experiência.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×