Jump to content
You need to play a total of 10 battles to post in this section.
jonasprates

Como seria uma linha sul-americana de encouraçados?

11 comments in this topic

Recommended Posts

3
[TATIC]
[TATIC]
Members
2 posts
2,968 battles

Olá a todos!

Atualmente existe uma nação "Pan-America" no jogo, embora composta somente por um navio até o momento (o cruzador leve argentino Nueve de Julio, nível VII). Não encontrei nenhuma informação sobre novos desenvolvimentos, mas, na hipótese de outros navios serem acrescentados, comecei a imaginar  uma possível linha sul-americana de encouraçados. 

Nível III: Minas Geraes (1910), com 12 canhões de 305 mm em 6 torres, 22 canhões de 120 mm e 18 de 47 mm - velocidade máxima de 21 nós.

Nível IV: Rivadavia (1914), com 12 canhões de 305 mm em 6 torres, 12 de 152 mm e 16 de 102 mm - velocidade máxima de 22,5 nós. Embora o armamento principal do Rivadavia fosse do mesmo tamanho do Minas Geraes, o navio argentino era maior e possuía blindagem superior.

Nível V: Rio de Janeiro (1914), com 14 canhões de 305 mm em 7 torres, 22  de 152 mm e 10 de 76 mm - velocidade máxima de 22 nós. Devido a uma crise econômica o governo brasileiro vendeu o navio ainda em construção para o Império Otomano, sendo rebatizado Sultão Osman-I Evvel, mas, com o início da Primeira Guerra Mundial em 1914, a Royal Navy requisitou a embarcação (sendo chamada HMS Agincourt). O Rio de Janeiro possuía o maior número de torres montadas em um encouraçado, o que lhe dava um poder de fogo impressionante, apesar do calibre de 305 mm comparado a outros navios da mesma época que já contavam com baterias de tamanho superior (mas o alemão König e o soviético Oktyabrskaya Revolutsiya  também são embarcações nível V com canhões de 305 mm). No entanto, para compensar o peso das torres, o Rio de Janeiro/Agincourt tinha uma blindagem mais fina que outros encouraçados.

Nível VI: Almirante Latorre (1915), com 10 canhões de 356 mm, 16 de 152 mm e 4 de 47 mm - velocidade máxima de 22,75 nós. O único encouraçado chileno e o mais poderoso navio de guerra já construído para uma marinha sul-americana. O navio serviu na Royal Navy durante a Primeira Guerra Mundial (como HMS Canadá).

Nível VII: Riachuelo (1914), com 8 canhões de 381 mm - velocidade máxima entre 22 e 25 nós. Um projeto de encouraçado para a marinha brasileira, mas que acabou cancelado com a eclosão da Primeira Guerra Mundial.

O que acharam? Deixem suas opiniões, o objetivo desse tópico é proporcionar um espaço para discussões saudáveis entre fãs de navios de guerra. Um abraço!

  • Cool 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
234
[URSAL]
Members
764 posts
12,544 battles

Interessante...

Mas acredito que precisamos reforçar mais nossa comunidade de Players para sermos "brindados" com alguma coisa do gênero!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Members
80 posts
1,999 battles

No fórum espanhol e no principal já tem vários tópicos sobre uma possível arvore tecnológica pan-americana.

no caso dos encouraçados a linha mais comum é a seguinte:

tier III: Minas Gerais

tier IV: Rivadavia

tier V: Almirante Latore

tier VI: Riachuelo

tier VII: Design 788(é o Riachuelo só que com 10 canhões)

tier VIII: Design 685(Iron Duke só que com canhões de 406mm)

se quiserem mais detalhes é só falar.

  • Cool 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
6
[DNBR]
Members
10 posts
7,539 battles

Eu acho uma ideia interessante, mas n sei se essa linha conseguiria se expandir para o T10, n sei se os vizinhos tinham projetos q poderia se encaixar nos tiers mais altos, acabaria sendo um barco 100% devaneio da WG

  • Cool 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
3
[TATIC]
[TATIC]
Members
2 posts
2,968 battles

Muito interessante, kaiser_wilherm!

Eu não tinha conhecimento da existência dos designes 788 e 685, se vc tiver mais detalhes pode compartilhar conosco (sabe qual é a referência?).

Sei que em alguns fóruns estrangeiros muitos jogadores querem ver o Rio de Janeiro/Agincourt no jogo, mas como um navio premium na linha britânica. 

  • Cool 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Members
80 posts
1,999 battles

Sim eu tenho a referencia de praticamente todos os encouraçados propostos para o Brasil.

esta neste site: https://stefsap.wordpress.com/2016/12/13/the-brazilian-dreadnoughts-1904-1914/

e só para responder ao Spledid57, realmente não existe nenhum projeto latino americano para encouraçados nos tiers 9 e 10.

mas para mim se colocarem o design 686 como premiun eu fico feliz.

 

detalhes do design 686:

sistema-pugliese-da-dg-301.jpg 

 

sistema-pugliese-da-dg-291.jpg

  • Cool 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Members
10,159 posts
6,369 battles

Esse projeto foi criado a partir de uma idéia que foi amadurecendo através dos anos, com o propósito de apresentar um pouco, dentro do possível, da historia dos Navios de Guerra que fizeram parte da Marinha do Brasil ao longo de sua historia. O enfoque principal são as embarcações que estiveram em serviço durante e após a Segunda Guerra Mundial.

Os dados aqui apresentados são de fontes abertas e uma boa parte dele começou a ser coletado no inicio de nossa adolescência, como uma espécie de hobby, ficando mais serio com o passar dos anos transformando-se em anotações pessoais. Junto com esse material dispúnhamos de muitos “folders” , livros, fotos, que com a popularização da Internet foi possível colocar a disposição de um maior numero de pessoas.

Nas páginas a seguir poderão ser encontrados os históricos operativos, as características básicas, Comandantes, histórico do navio quando serviu em outra marinha antes da nossa, brasão, fotos e desenhos de unidades que deixaram saudades como, por exemplo: o CT Piauí - D 31, CTE Bracuí - D 23, Cruzador Tamandaré - C 12, Corveta Ipiranga - V 17, Submarino Amazonas - S 16, assim como unidades mais modernas como as Fragatas Niterói - F 40 e Rademaker - F 49, o Contratorpedeiro Paraíba - D 28, a Corveta Júlio de Noronha - V 32 e o Submarino Timbira - S 32.

Esse trabalho não tem de forma alguma a intenção de esgotar o assunto, mesmo porque não temos condições para isso, deixando claro que foi inspirado em nossos arquivos pessoais com a intenção de imortalizar a história de nossos navios e suas guarnições.

Não iremos nos limitar apenas aos navios do período pós-2ª GM, serão lembrados aqui navios anteriores a esse período, e na medida do possível, unidades do período 1822-1889. 

http://www.naval.com.br/ngb/ngb-new.htm

Share this post


Link to post
Share on other sites
Members
10,159 posts
6,369 battles

Cruzador Almirante Abreu

depois USS Albany - PG 36/CL 23

Classe Barroso/New Orleans

O Cruzador Almirante Abreu, foi o único navio a ostentar esse nome na Marinha do Brasil em homenagem ao Almirante Joaquim Francisco de Abreu, que como Primeiro-Tenente comandou a canhoneira Belmonte na Batalha Naval do Riachuelo. Recebeu esse nome através do Aviso de 12 de dezembro de 1896. Foi construído pelo estaleiro Armstrong, Mitchell & Co., em Newcastle-on-Tyne, Reino Unido, tendo sua quilha batida em 1897. Ja entregue e com bandeira e guarnição brasileira, foi vendido junto com seu irmão Amazonas por 350.000 libras em 15 de março de 1898 pelo Governo do Presidente da República Prudente de Morais ao Governo Norte-Americano, que reforçava sua força naval em conseqüência da Guerra Hispano-Americana, sendo lançado ao mar em 1899 e incorporado a U.S. Navy em 29 de maio de 1900 com o nome de USS Albany. Naquela ocasião, assumiu o comando o Capitão-de-Mar-e-Guerra (USN) J. C. Craig. 

O USS Albany (ex-Almirante Abreu), e, o USS New Orleans (ex-Amazonas) pertenciam a mesma classe do cruzador Barroso (1896 - 1931) e do Cruzador chileno Zenteno.

 

http://www.naval.com.br/ngb/A/A032/A032.htm 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Members
10,159 posts
6,369 battles

Árbol Tecnológico de la Armada de la República Argentina (Argentinian Navy Tech Tree):

 

Árbol Tecnológico del Ejército de la República Argentina (Argentinian Army Tech Tree)

http://forum.worldoftanks.com/index.php?/topic/571682-arbol-tecnologico-del-ejercito-de-la-republica-argentina/

 

 

  • Cool 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×