Jump to content
You need to play a total of 10 battles to post in this section.
Cpt_JM_Nascimento

Duas noites de batalhas de clãs. Impressões

15 comments in this topic

Recommended Posts

Após duas noites das batalhas de clãs vim aqui começar um tópico para comentar sobre as impressões iniciais da temporada piloto. Então vamos para o que interessa.

(Se você espera que vou passar estratégias do meu clã, formação de batalha ou informação que possa te dar alguma vantagem caso me encontre lá. Posso te garantir que está no lugar errado :Smile_Default:)

 

Com exceção desse: A primeira batalha do meu clã foi contra nada mais... nada menos... que o clã da APOC... um dos clãs mais competitivos do server. Precisa nem dizer que levamos uma surra, mas levamos 3 navios deles juntos. Pelo menos ver ao vivo o estilo de jogo deles nos ensinou bastante para as próximas batalhas.

 

Navios alugados:

Enfrentamos muitos clãs que estavam cheios de navios alugados. Geralmente esses não tem a menor chance. Pois Zao tem DPM baixo, no caso do Grosser Kurfust não tem sonar que o salve e Shimakaze sem camuflagem é inviável. Mas o principal fator é que esses jogadores que usam os navios alugados tem a menor ideia de como lidar com navio tier 10. Inclusive vi um shima com detecção de 7,5km... outro clã que tinha 4 Zaos alugados que não paravam de dar a lateral... e coisas do tipo... :fish_palm:

 

Navios mais jogados (desconsiderando os números dos alugados):
 

Spoiler

 

Até agora o Hindenburg tá sendo um cruzador mais usado que eu esperava. Pois permite erros e está se provando o navio mais fácil de se jogar até o momento. Equipa simplesmente o sonar mais poderoso do jogo, ótimo contra ondas de torpedos. Combina DPM alto e a capacidade de travar combates a longa distância e tem muitos torpedos para situações críticas. Seu ponto fraco mais óbvio é a manobrabilidade ruim para um cruzador.

Des Moines não tem surpresa nenhuma. De longe um dos maiores DPMs do jogo. AP brutal. Anti Aé...weagnuwsnfsoauensafy. Emboscador de destróier. Radar com módulo que dura por 56 segundos. Mas tem pontos fracos como: comparado aos outros cruzadores do mesmo tier não tem uma sobrevivência de se gabar. Ruim em combates a longa distância e sofre em águas abertas. Por isso geralmente ele vem acompanhado do próximo navio que cobre seus pontos fracos e vice-versa:

O Moskva tem uma balística melhor que muitos encouraçados. Ambas munições são fortes. Tornando-o um navio monstruoso em combates de desgaste em longa distância. HP comparável aos BBs do tier 8. Tanca muito bem outros cruzadores. Radar de longo alcance. Decentemente manobrável para o tamanho. E o único cruzador que vi até agora sobreviver longos períodos de foco intenso de artilharia inimiga nas Guerras de Clãs. Seus pontos fracos são: o tamanho que reflete em um alvo fácil de se acertar, apesar de ter uma cidadela bem blindada contra outros cruzadores o tamanho dela convida atenção do único BB inimigo, ocultamento pior que alguns BBs sua imprecisão fica evidente na hora de caçar DDs e é um navio fraco em combates de curta distância.

BBs agora:

Conqueror vou nem comentar nada que o motivo é meio óbvio, mas não pode tomar foco por longos períodos de tempo como antes, pois seu reparo agora é o mais longo. Fora isso apenas pontos positivos. Sendo capaz de ações individuais dentro de um cenário de trabalho de equipe necessitando apenas que tenha alguém para detectar os torpedos e navios inimigos. Mas existem matadores de cruzadores melhores (o tipo mais usado até agora) e é um navio com poucos jogadores ainda. Então as pessoas vão atrás desses outros 2:

Grosser Kurfust um navio que só é viável de afundar por DoT (Damage over Time. Traduzindo Dano sobre tempo. Ou seja, incêndio e inundação) ou torpedos. Pois é um navio absurdamente blindado, pois vive dando ricochete e quebrando balas inimigas combinando com o HP mais alto do jogo. Sendo um navio quase tão frustrante de afundar quanto o Conqueror caso o jogador saiba o que está fazendo. Seus pontos fracos são: a necessidade de ter uma muralha de hidroacústica a sua frente, pois a dele sozinha não vai achar os torpedos de tier 10 a tempo de desviar, mesmo sendo do tipo alemão. Incapaz de ficar oculto em nenhum momento da batalha, com exceção de cobertura de terreno ficando inviável quebrar contato com o inimigo se necessário, recorrendo a smoke E não atirar.

Montana hoje em dia o BB tier 10 favorito do sever NA, pois né... Murica n' stuff. É de longe o mais preciso depois que coloca o módulo. Tanca bem em algumas situações e o navio responde as expectativas do jogador muito bem. Mas como está no jogo por muito tempo seus pontos fracos são bem conhecidos, como: blindagem tudo ou nada que é um chamativo para chuva de PE e PP nas superfícies planas. E enfrentando exclusivamente tiers 10 isso fica mais evidente.

Por último os DDs:

Gearing com o limite de apenas um encouraçado não precisa se preocupar com "HAHAHA! Acertei apenas 3 balas em você, mas todas elas foram penetrações toma 10k de dano de graça aí!" DPM mais alto entre os DDs, torpedos que podem ser lançados fora do alcance do radar inimigo e alcançar o alvo em pouco tempo, mesmo distante devido a combinação de velocidade e ocultamento, sua smoke de longa duração e que cobre uma área enorme ainda pode ser utilizada por alguns cruzadores em longas distâncias e é intuitivo para jogadores de DDs. Seus pontos fracos são: manobrabilidade pobre pra um DD que acarreta em vários outros problemas típicos para contratorpedeiros desse tipo.

Z-52 com sonar que detecta tudo num raio de 5,88km e acha qualquer torpedo a 4km do navio que dura por 2 minutos já é o suficiente para chamar a atenção como opção para o competitivo. Recarga rápida dos torpedos que são rápidos e com ocultamento ótimo. Uma munição PP que é improvável de dar overpen em DDs tiers 10 que dão a lateral e um monstro dentro de um ponto de captura e só desistirá dele se for detectado por radar. Seus pontos fracos são: incapaz de jogar torpedos fora do alcance dos radares inimigos e eles causam pouco dano. PE anêmica e cortina de fumaça de pouca duração (que talvez seja uma benção pois força o navio a dar no pé antes que alguém com radar chegue).

 

Navios menos usados:

Spoiler

Minotaur não vi nenhum até agora. Devido as combinações de ser frágil e alvo delicioso, meta com radar intenso, muitos combates de longo alcance e as novas mecânicas da smoke.

Henry IV bate, bate, bate, mas não consegue ter impacto na partida pois é obrigado a manter a distância e não tem consumíveis que possa ajudar a equipe. E em curtas distâncias sua alta manobrabilidade para evitar fogo inimigo é irrelevante. Também tem DPM baixo. Conseguir ver um sendo útil em posição de flanco, mas não influenciou em nada no controle dos caps.

Yamato (ironicamente o único encouraçado do tier 10 que existiu é de longe a pior opção :cap_book:. Depois o pessoal fica com raiva quando eu falo que ele tomou powercreep) Toma cidadela adoidado de BBs e se expor a lateral, mesmo em médias distâncias até os cruzadores pesados do tier 10 conseguiram acertar suas partes críticas também. Na prática muito mais lento que o segundo navio mais lento do tier. Projéteis daquele tamanho fica dando overpen nos cruzadores toda hora e ter menos canhões que os outros BBs fica eviente. Sua capacidade de dar overmatch é irrelevante, pois só faria efeito contra o único BB inimigo e é improvável de dar cidadela se não for outro Yamato. Apesar de ter proteção de torpedo muito boa, devido a sua manobrabilidade é um navio fácil de se prever os movimentos logo fácil de acertar torpedos e forçando reparo. O pessoal vive falando que o Yamato é preciso, mas tenho mais de 100 partidas com ele, sendo que as primeiras e as últimas foram com módulo de redução de dispersão. Posso afirmar que a dispersão horizontal dele é boa, mas a dispersão vertical do navio é um lixo, as balas na maioria das vezes fica numa mistura de algumas caírem antes e outras passarem por cima. PS.: Não se esqueça que sigma é uma constante que os desenvolvedores do jogo usam para dar a característica de agrupamento das balas, ou seja, a tendência delas de se aproximarem no centro da elipse de dispersão. No caso do Yamato a melhor do jogo com 2,1. Então não confunda sigma com dispersão vertical. Mas não importa ter o sigma com um bom valor se está trabalhando com um número muito alto.

Grozovoi um navio bom, mas que teve simpatia nenhuma com o público. Os motivos são a WG tentando "forçar os jogadores" a jogar com o navio com uma série de buffs forçados combinados com uma sequência de nerfs pro Khabarovsk, várias vezes facilitando a grind até ele. A sub-linha ser toda fictícia. Incluindo o Ognevoi que sua versão verdadeira é apenas sua versão stock e ainda é questionável. Ninguém, com exceção dos próprios russos queriam mais DDs soviéticos. E do ponto de vista de gameplay apesar de ser um ótimo navio os niches já são ocupados por outros DDs que fazem esse trabalho melhor com exceção da AA... peraí!?!?

Khabarovsk vi dois deles no primeiro dia e nenhum no segundo. Seu papel de cruzador leve fica sombreado pelos verdadeiros cruzadores e dentro do seu alcance nerfado de artilharia (13,5km) é um alvo fácil dos Moskvas, Hindenburgos e Zaos. O potencial do Khaba diminui bastante tbm numa batalha com coordenação de equipe e quando enfrenta exclusivamente tiers 10.

Os navios que não mencionei nessas duas listas estão no meio termo.

 

Comentários (invertendo entre positivos e negativos em sua maioria):

Ainda tô p* que os CVs foram banidos da temporada piloto.

As novas mecânicas da smoke deixaram as batalhas mais dinâmicas, apesar da distância de combate no tier 10 se manter a mesma.

Navios alugados não foi uma boa ideia, pois o nível de jogatina dos jogadores que os utilizam é muito baixo em sua maioria. Serviu apenas para poder encher a população nas batalhas de clãs.

Finalmente um modo de jogo que dá pra coordenar as ações com o time que não fosse uma batalha contra bot.

Apenas 12 horas por semana disponíveis para jogar nesse modo. 3 horas por dia em 4 dias da semana.

Partidas com e contra pessoas civilizadas em sua grande maioria.

Recompensas melhores que as ranqueadas.

E fazia tempo que não tinha partidas adrenalizantes como essas.

  • Cool 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
FredyPanzer    147

Eu tenho que dizer. EU ADORANDO esse modo de CW. Fazia algum tempo que não me divertia em partidas tão eletrizantes como as que estão ocorrendo. E praticamente TODAS  as partidas estão sendo muito bem disputadas. FINALMENTE WG, UM PONTO pra você :Smile_medal:

Eu particularmente não gostei muito desta ideia de colocarem navios tier X para alugar, basicamente eles criaram apenas mais buchas de canhãos para CW em sua maioria, mas, estão dando chances para todos participarem da festa né, louvável até essa atitude. Bom, assim pelo menos não teremos tempo de espera prolongado nas fila, não é mesmo? :Smile-_tongue:

Recompensas estão excelente.

Navios questão sendo mais usados que reparei :

Conqueror;

Hindenburg;

Moskava;

Z-52;

Gearing;

Desmoines.

Uma batalha que tive ontem encontramos, um Conqueror e 6 Moskavas, foi engraçado :Smile_teethhappy:

Share this post


Link to post
Share on other sites
Quote

um Conqueror e 6 Moskavas, foi engraçado

:Smile_amazed: complexados com DDs!

Na verdade a questão dos navios alugados, não da pra sentir muito conforme você vai subindo de categoria e grupo porque os Clãs de nível mais baixo, ficam no nível mais baixo. Depois que você.sobe de grupo eles SOMEM! Também pegamos um time pesado o [ARP] e levamos uma surra principalmente porque o Montana devastou 2 cruzadores nosso, dos quais eu era um. O que prova a força desse BB nessas batalhas, Yamato... aiai saudades do Yamato do BETA que era a versão que merecia o Powercreep. Depois da entrada do Kurfust o Yamato perdeu seu lugar de brawler e quando a citadel do monty foi abaixada ele acabou de perder seu lugar no jogo ai veio o Conqueror :Smile_sad:(no comments about it). Shimakaze está bem fraco por causa da Radar-Meta onde os times tem pelo menos 2 radares. Khaba eu vi so 1 vez da mesma forma que o Cpt viu o Henri. so que com sua boa DPM era um pouco mais Annoying. Mas de verdade essas batalhas são muito instigantes e competitivas. Com times de VERDADE. E jogadores nos quais você pode confiar. Apesar de que nem todos no clã não têm tanta habilidade assim, quer seja com o TierX ,quer seja com qualquer coisa. Só detesto o Horário PacificTimeBased porque a diferença de fuso horário para nós Brasileiro é absurda! Estou perdendo preciosas horas de sono aqui caramba!! e dias seguidos também pesam, pessoalmente preferiria que fossem terça e quinta e no fim de semana, ou de quinta a domingo sei la... só concordo que todos os dias ficaria de fato inviável. Mas umas horinhas a mais por dia acho que não mataria ninguém.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Feroz_71    9

poderia falar que a 1° batalha para a frota que estou foi um "choque" de realidade hahahhaha

 

7  Shimakazes( deles )  contra nossos 2 shimas, e vários Cruzadores ( so um tinha radar )

 

Esta batalha foi muito, mas muito importante termos perdido... Para lembrar que "tudo" pode acontecer nos 15min de batalha...

 

Hoje ja não fazemos mais este erro primário... 

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Até agora, o clã do qual faço parte só jogou 4 ou 5 partidas. Trata-se de um clã bem casual, e os membros estão espalhados pelas 3 Américas, então é extremamente difícil arranjar um tempo em que todos estejam disponíveis. Todas essas partidas, com exceção da última, foram jogadas na 4ª sessão (o primeiro domingo), e foram uma série de derrotas vergonhosas (o que eu logo presumi que fosse o resultado de não dar mais de 12 horas semanais para nenhum clã jogar, o que deixou muitos clãs bons nas ligas mais baixas na 1ª semana). A última batalha foi jogada na 8ª sessão (segundo domingo), e de cara pude notar que agora os clãs mais fortes tinham realmente subido para suas devidas ligas, pois meu clã casual passou de 4 derrotas vergonhosas para uma vitória perfeita, mesmo com uma composição terrível (Yamato, 2 Minos, 3 Zaos e 1 Shima). Creio que nas próximas semanas, meu clã terá uma experiência mais agradável enfrentando oponentes de nível próximo ao nosso, e assim o novo modo competitivo será mais divertido para clãs mais casuais. Entretanto sinto que demorou muito para o modo se tornar viável para clãs de níveis diferentes, e não tenho a mais remota dúvida de que a causa disso foram os horários horrorosos que foram estipulados para o modo. Fora isso, não tenho do que reclamar. As decisões para essa temporada foram questionáveis, porém seguras para que pudesse haver uma participação maior de clãs de níveis competitivos e casuais. Acho que no geral, o modo pode ser considerado um sucesso, mas que vai requerer muitas alterações no futuro.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tô com preguiça de criar um tópico novo. Então vou responder aqui mesmo.

 

Estamos aproximadamente no meio da temporada. E o clã que eu estou avançou para níveis com mais partidas pedreiras. Lembre-se que isso irá se limitar as minhas experiências, logo pode variar de pessoa pra pessoa.

Posso dizer que TEM RADAR PRA CARAMBA! A maioria dos times estão tentando formar uma linha de batalha em que conseguem ter "radar infinito". No mínimo 3 cruzadores com radar, sendo que necessariamente um deles tem que ser o Des Moines. E a consequência disso está meio óbvia, DDs estão beirando a inutilidade nessa temporada piloto. Pois até a parte do trabalho de detecção (ou seja, não inteiramente) está sendo feita pelos próprios cruzadores, pois radar completamente ignora as leis físicas e consegue ver através das ilhas. Além disso os radares tier 10 combinam os maiores alcances e durações de uso.

Conqueror, depois do nerf que ele sofreu estou vendo raramente. Pois não consegue mais compensar o dano de PE que toma dos cruzadores pesados do tier 10 e o ocultamento pior tirou a maior arma que ele tinha contra alguns cruzadores: vantagem enorme de ocultamento e nem mencionei que tentar causar dano de incêncio em cruzador agora está sendo bem inútil (redução da duração de um foco de incêndio de 60s para 30s), apenas nos tiers onde os cruzadores não têm heal ainda é uma estratégia viável, pois até para tentarem forçá-los a ficarem detectados está sendo difícil, pois logo apaga.

Conqueror e Montana lidavam com os cruzadores de forma bem eficiente, mas de formas nem um pouco parecidas. Agora apenas o Montana com os encouraçados. Inclusive tô vendo muitos Yamatos agora, mas ele continua sendo bem inútil na parte competitiva, porque praticamente quase todos os tiros que não resultam em cidadela dá overpen. GK está ainda comum, apesar de não estar disponível para aluguel, mas tá servindo mais para ser o tanque supremo, não conseguindo salvas consistentes.

Cruzadores está se resumindo a Moskva, Des Moines (esses 2 por causa do radar) e Hindenburg (pau pra toda obra e difícil de afundar mesmo com um mínimo de angulação. Quando vi alguém indo de Henry IV, Zao ou Minotaur acabava não ajudando os aliados, mesmo com os jogadores querendo, é pq realmente esses navios não ajudam para o trabalho de equipe. Enquanto o último mencionado fica tomando surra dos jogadores experientes mesmo dentro da smoke e fora do alcance dos radares, quando sobrevivem é por causa que jogaram muito passivamente.

Destróiers... infelizmente os times que estão trazendo mais do que um deles estão perdendo devido a falta de poder de fogo e a utilizado de um cruzador e o objetivo do meta agora é atirar em qualquer um que se aproxime de algum cap, mantendo-o coberto por radar a partida inteira, deixando pequenos intervalos abertos de propósito para atrair alguma vítima. Com o ponto de captura controlado pelos aliados ou ainda neutro. Ou forçar todos os navios aliados em cima de grupos inimigos isolados o mais rápido possível.

 

Queria escrever mais. No entanto ficaria maçante. Vou esperar a resposta de vocês para poder discutir mais sobre! :cap_like:

Share this post


Link to post
Share on other sites
Fabianocc    56

Lendo o que você falava no início de  Cruzadores bons para "batalhas de longa distância" vejo que fez o tópico cedo demais.

A maioria dos combates está sendo a curta distância com raríssimas exceções. Se ficar de longe procurando se proteger, perde. É o fato a partir da linga Ventania pra cima. Blitz e posicionamento de ataque agressivo é o que tá levando o pessoal pra cima. Long range? Esqueça. É tudo a curta distância e selvagem MUITO selvagem.

Radar é imprescindível, mas dizer que "os DDs estão inúteis??" Diga isso pra os Desmoines e Moskovas que mandei pro fundo com o Shimakaze e Gearing. Tem várias partidas que gravei e publiquei comprovando isso.

Sobre o Minotauro que você disse que é impossível, ledo engano. Já fizemos várias partidas com dois Minos e simplesmente destroçamos que vem pra cima. Principalmente se vier perto demais, porque é torpedo pra dar com o pau e rápidos, MUITO rápidos.

Time ideal está variando entre 1 Encouraçado, 3 Cruzadores, 3 Destroyers / 1 Encouraçado, 4 Cruzadores, 2 Destoryers.

Já jogamos contra times com 5 DDs e foram dizimados. Já jogamos com times com 6 Cruzadores e 1 DD e foram dizimados. Já jogamos com times nas mesmas configurações e FOMOS dizimados hehehehe.

O que está pesando mesmo é:

1) Ter jogadores que conheçam ao EXTREMO as força e deficiência de seus navios.

2) Ter uma boa estratégia para cada um dos mapas.


Tem que ser na base de um "Olá Vulcano". Pra mim é isso.

 

 

Edited by Fabianocc

Share this post


Link to post
Share on other sites
Fabianocc    56
On 26/10/2017 at 4:14 PM, Fernando_Maluco said:

Eu imagino como deve ser tenso jogar em um Grober Kursfurt alugado com comandante de 0 ponto :Smile_sad:

O capitão você pode usar da mesma nação sem penalidade. Funciona com a mesma mecânica do navio Premium. Só botar um com 19 pontos que você tenha em outro T10 e tá valendo.

Tem que equipar com os módulos, e eles são caros. Mas tem a vantagem dos módulos ficarem disponíveis após o uso do navio alugado.

Não pode usar camo, o que realmente dificulta um pouco. Mas tirando isso é igual ao navio "alcançado" no T10.

Claro que o CONHECIMENTO de seu navio é fator importante. Até porque você pode usar os navios alugados APENAS em batalhas de clã. Não dá pra treinar com eles em outro momento, o que deixa os que os alugam em uma situação inferior.

Atualmente (27/11/17) estão disponíveis, Kurfurst, Hindenburg e Grozovoy.

Edited by Fabianocc

Share this post


Link to post
Share on other sites
Fabianocc    56
On 03/11/2017 at 10:58 AM, Captain_Benevolent_Fair said:

Até agora, o clã do qual faço parte só jogou 4 ou 5 partidas.

Acho que no geral, o modo pode ser considerado um sucesso, mas que vai requerer muitas alterações no futuro.


Cara, acho que a WG acertou muito! Ficou bem balanceada a coisa toda e estamos nos divertindo MUITO!

Nós promovemos uma maior rotatividade para permitir a maioria da galera "sentir o gostinho" das CW, e até agora tivemos 27 membros do Clã envolvidos.

Isso faz com que tenhamos um desempenho não tão bom, porque muitas vezes a falta de entrosamento faz com que fiquemos no ganha / perde / ganha. Mas é bom pra a galera toda!

Nossa melhor sequencia foi de 5 vitórias. A pior performance de 6 derrotas.

Eu participei de 102 CW e nosso membro mais assíduo tem 136.
 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Fabianocc    56

Sobre os navios:

BB - Montana é o rei da parada. Detona qualquer Cruzador que dê moleza de ficar na sua mira

CL - Moskva é monstro. Não dá pra ficar no caminho dele com aqueles canhões enormes. O radar de 11 km também dá trabalho pra os DDs se aproximarem.

DD - Gearing é o canivete suíço. Dá pau em todo mundo e tem torpedos poderosos (teve uma partida que simplesmente LIQUIDEI o Z-52 no canhão, mesmo estando por um fio de vida - no vídeo a partir do minuto 8:40). Shimakaze é meu navio de melhor desempenho e que casa bem com minha forma de jogar, então fica pau a pau com o Gearing pra mim. Mas pro geral, fico com o USN.
 


 

Edited by Fabianocc

Share this post


Link to post
Share on other sites
MaxVladimus    8
7 hours ago, Fabianocc said:

Lendo o que você falava no início de  Cruzadores bons para "batalhas de longa distância" vejo que fez o tópico cedo demais.

A maioria dos combates está sendo a curta distância com raríssimas exceções. Se ficar de longe procurando se proteger, perde. É o fato a partir da linga Ventania pra cima. Blitz e posicionamento de ataque agressivo é o que tá levando o pessoal pra cima. Long range? Esqueça. É tudo a curta distância e selvagem MUITO selvagem.

Radar é imprescindível, mas dizer que "os DDs estão inúteis??" Diga isso pra os Desmoines e Moskovas que mandei pro fundo com o Shimakaze e Gearing. Tem várias partidas que gravei e publiquei comprovando isso.

Sobre o Minotauro que você disse que é impossível, ledo engano. Já fizemos várias partidas com dois Minos e simplesmente destroçamos que vem pra cima. Principalmente se vier perto demais, porque é torpedo pra dar com o pau e rápidos, MUITO rápidos.

Time ideal está variando entre 1 Encouraçado, 3 Cruzadores, 3 Destroyers / 1 Encouraçado, 4 Cruzadores, 2 Destoryers.

Já jogamos contra times com 5 DDs e foram dizimados. Já jogamos com times com 6 Cruzadores e 1 DD e foram dizimados. Já jogamos com times nas mesmas configurações e FOMOS dizimados hehehehe.

O que está pesando mesmo é:

1) Ter jogadores que conheçam ao EXTREMO as força e deficiência de seus navios.

2) Ter uma boa estratégia para cada um dos mapas.


Tem que ser na base de um "Olá Vulcano". Pra mim é isso.

 

 

Ó o pau quebrando hahaha

Share this post


Link to post
Share on other sites
Fabianocc    56
2 hours ago, MaxVladimus said:

Ó o pau quebrando hahaha

 

Essa é a ideia, irmão! Essa é a ideia... hehehehe

Share this post


Link to post
Share on other sites
Skyzytuzz    143

Não entendo pq muita gente está usando navio alugado com comandante zero pontos quando é possível transferir qq comandante para aquele navio sem nenhum prejuízo ou necessidade de retreino. 
  
Com relação aos upgrades, estes exigem um custo bem razoável em prata (para comprar) ou dobrão (para desmontar de outro navio). Mas pelo menos no caso dos dobrões, não é nada absurdo, na verdade gastando apenas R$14 vc compra 1250 dobrões, mais que suficiente para desmontar tudo o que todos os navios alugados precisarão . Lembrando que depois que a temporada acabar, os upgrades ficam disponíveis para vc recolocar de novo nos navios originais.
  
O Montana de fato é o rei da parada, já fiz 160 mil de dano nas batalhas de clãs, muito mais do que eu consigo com o Kurfurst que se mostrou uma decepção, seus tiros estão causando muito pouco dano e são bem mais imprecisos.
  
  

Share this post


Link to post
Share on other sites

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×