Jump to content

Lord_Maruk

Members
  • Content Сount

    18
  • Joined

  • Last visited

  • Battles

    3640
  • Clan

    [E--BR]

Community Reputation

0 Neutral

About Lord_Maruk

  • Rank
    Seaman
  • Insignia
  1. Lord_Maruk

    Corrida da Morte 2020

    Seu apelido no jogo (IGN): Lord_MarukSeu Clã: E--BR Elite BrasilAs categorias que gostaria de participar (liste itens por ordem de preferência): em ordem de preferência: II, I, IV e III
  2. and create a really relevant difference between them and the elite or other ships. As a matter of fact, XP line ships is very usefull to get the next ship on the line, but premium ships gives u equal or more XP and they are totally wasted.
  3. Lord_Maruk

    Evento do Dia do Folclore Nacional

    Lenda da Mula sem cabeça conta-se que, se uma mulher dormisse com o namorado antes do casamento, ela poderia ser enfeitiçada e virar uma mula sem cabeça. Essa versão estava ligada às tradições das famílias que buscavam o controle dos relacionamentos amorosos de suas filhas. Era uma forma de mantê-las dentro dos padrões morais da época. Uma outra versão da lenda afirma que toda mulher que mantivesse ligações amorosas com um padre, seria castigada e transformada em mula sem cabeça. De cunho moral e religioso, essa lenda tinha como objetivo intimidar as mulheres que cogitavam manter um relacionamento amoroso com os sacerdotes da Igreja Católica.
  4. Lord_Maruk

    Evento do Dia do Folclore Nacional

    Lenda do Pirarucu As lendas indígenas contam ainda a história do pirarucu, um peixe das águas doces que pode chegar a três metros de cumprimento. A lenda diz que Pirarucu era um guerreiro das tribos Uaias e um jovem muito vaidoso. Apesar de ser um excelente guerreiro, gostava de se gabar por ser filho do chefe da tribo. Ele falava mal dos deuses cultuados por seu povo e quando seu pai saía da tribo, matava pessoas sem motivos. Certo dia, Pirarucu, o deus Tupã, deus dos deuses, consternado com as atitudes de Pirarucu, mandou uma tempestade enquanto o jovem pescava. Todas as outras pessoas fugiram e o jovem apenas zombou da tempestade. Pirarucu então caiu no rio onde pescava, o rio Tocantins, e foi transformado no peixe.
  5. Lord_Maruk

    Evento do Dia do Folclore Nacional

    Lenda do Guaraná O guaraná é um fruto que se assemelha aos olhos humanos. Segundo a lenda, surgem como os olhos de um indiozinho que morreu ao ser picado por uma serpente. Os pais do indiozinho não conseguiam ter filhos, mas depois de pedirem ao deus Tupã, tiveram um menino saudável que era muito querido pela tribo onde vivia. O deus da escuridão ficou invejoso e decidiu matar o menino. Assim, num dia em que ele tinha saído para apanhar frutos na floresta, o deus da escuridão, Jurupari, se transformou em uma serpente e o matou envenenado.
  6. Lord_Maruk

    Evento do Dia do Folclore Nacional

    Lenda do Boitatá O Boitatá é uma serpente de fogo que protege a floresta. Sua lenda possui várias versões. Em uma delas, uma cobra adormecida durante um longo tempo acordou faminta e para saciar a sua fome comeu os olhos dos animais. Transformando-se numa cobra de fogo, a sua luz assusta quem quiser fazer mal à floresta durante a noite. É conhecido através de vários nomes pelo Brasil. Os índios o chamam de Mbaê-Tata e os nordestinos dizem que essa personagem representa a alma dos compadres e das comadres. Outra versão remonta ao Dilúvio, quando para se proteger, a cobra entrou num buraco escuro. Lá, os seus olhos cresceram. De dia, o Boitatá não enxerga, mas à noite vê com clareza.
  7. Lord_Maruk

    Evento do Dia do Folclore Nacional

    Lenda da Mandioca A mandioca é uma raiz cuja origem é explicada a partir de uma menina chamada Mani que foi enterrada numa oca. Mani, neta do cacique, era muito querida pela sua tribo. Tendo falecido durante o sono, um dia pela manhã sua mãe a encontrou morta com um sorriso descansado e encantador. A menina foi enterrada na oca onde vivia. Inconsolável com a perda, sua mãe chorava a umedecia a terra com as suas lágrimas da mesma forma como se ela estivesse sendo regada. Nesse local, nasceu uma planta diferente, a qual a mãe passou a cuidar, até que um dia cavou a terra ao notar que a mesma estava ficando rachada. Ela tinha esperança de que sua filha estivesse renascendo. Ao cavar a terra, a mãe descobriu a raiz, hoje conhecida como mandioca.
  8. Lord_Maruk

    Evento do Dia do Folclore Nacional

    Lenda do Boto O Boto cor-de-rosa é um galanteador que se transforma em um rapaz jovem e muito bonito para se encontrar com as moças da comunidade. Isso acontece principalmente por ocasião das festas juninas. É conhecido pelo seu chapéu branco que usa para tentar esconder o nariz pontudo que se mantém após a transformação. Após seduzir as moças, ele as leva para o rio onde as engravida. Quando regressa à comunidade, a moça aparece grávida sem saber quem é o pai do seu filho, motivo pelo qual as crianças que não conhecem o pai dizem ser filhas do boto.
  9. Lord_Maruk

    Evento do Dia do Folclore Nacional

    Lenda do Curupira O Curupira é o protetor das florestas, apresenta como principal característica o fato de ter os pés virados para trás. Apesar de ser perverso, ajuda os caçadores que lhe oferecem cachaça e fumo, proporcionando-lhes caças bem sucedidas. Além de estar associado a casos de violência e rapto de crianças, o Curupira pode fazer com que as pessoas se percam na mata. Para distrair o Curupira e poder escapar dele, deve ser dado um novelo de cipó com a ponta bem escondida. Ao tentar encontrar a ponta, o Curupira se distrai dando tempo para que as pessoas fujam.
  10. Lord_Maruk

    Evento do Dia do Folclore Nacional

    Lenda da Iara Iara era uma índia admirada pela sua beleza e também pelo fato de ser uma grande guerreira. Invejosos, seus irmãos resolveram matá-la, mas sendo uma guerreira habilidosa, consegue vencer a luta e é ela quem os mata. Com medo de ser punida pelo pajé da tribo, foge. O pajé era seu pai, o qual após encontrar Iara resolve castigá-la lançando-a ao rio para que ela morresse, tal como seus irmãos. No entanto, os peixes salvam a índia, a qual se transforma numa bela sereia que passa a habitar os rios da região da Amazônia. Atraindo os homens para lá, tenta afogá-los. Segundo a lenda, quem consegue escapar, enlouquece e somente pode ser curado por um pajé.
×