Jump to content

IbukiBolinho

Members
  • Content Сount

    95
  • Joined

  • Last visited

  • Battles

    3804

Community Reputation

35 Neutral

About IbukiBolinho

  • Rank
    Petty Officer
  • Insignia

Recent Profile Visitors

673 profile views
  1. IbukiBolinho

    Greff Zepellin

    A única treta que fiquei sabendo foi aqui no fórum em português porque um certo jogador quis dar uma de sabichão e achou um absurdo os JU-87 navais carregarem torpedos (e que mesmo se na vida real não puderam, apesar de existirem fotos mostrando que puderam, pouco importa num jogo que tem até navio endiabado de haloween).
  2. IbukiBolinho

    Qual arvore seguir de destroyer?

    Outro navio. Sempre avançar em várias linhas :v Mas quando quero fazer outras coisas ao mesmo tempo, deixo lá até acabar a partida enquanto faço outras coisas como ver vídeos no youtube.
  3. IbukiBolinho

    Invisibilidade

    Nada demais, apenas o bom uso do ocultamento do navio em conjunto com ilhas ou fumaça. Não é raro ver gente se deparando do nada com um grande encouraçado mirando os canhões logo após virar uma ilha também, por exemplo. Todo navio no jogo tem um ocultamento limitado a uma certa distância. Contratorpedeiros são os melhores nisso, com o Mutsuki, por exemplo, podendo ser detectado somente a 5.5 km de distância, se não me engano. O ocultamento pelo ar (por aeronaves) e pelo mar (por navios) muda, com o primeiro sendo bem mais perto de uma embarcação do que o segundo por questões de balanceamento, já que fisicamente não faz sentido algum. Se você disparar um canhão, a distância pela qual você pode ser detectado aumenta (até mais ou menos a distância da sua bateria principal, geralmente), ou seja, você muito provavelmente será detectado, e assim permanecerá por alguns segundos até a distância de detectabilidade voltar ao normal. Atrás de ilhas você dificilmente será detectado, o que pode ser um movimento estratégico para emboscadas. Dentro da fumaça, só chegando muito perto pra conseguir detectar o navio (exceto encouraçados, porta-aviões e alguns cruzadores (se não me engano), esses, também por questões de balanceamento não podem mais se esconder tão facilmente), mais especificamente os contratorpedeiros. A contra-medida para isso são os sonares e radares (pessoalmente gosto mais dos sonares para uma aproximação porque duram mais e ajudam a detectar torpedos também, dando mais tempo para reagir e desviar). No seu minimapa você pode habilitar algumas opções para mostrar círculos que indicam o alcance dos seus canhões, torpedos, artilharia antiaérea e principalmente, alcance para ser detectado. Caso esteja jogando com classes que dependem disso, é bem útil pra rodar o mapa com um dos olhos no mini mapa. Só um comentário: Esse negócio de usar as ilhas deve funcionar bacana para aeronaves de um porta-aviões também. Ontem, consegui me aproximar de um Moskva camper atrás de uma ilha usando-as para não ser detectado e consequentemente não levar dano da AA dele. O resultado foi uma cidadela bem dada com os J5N do Hakuryuu (eu gostaria que tivesse sido 3, pois não gostei nada da primeira vez que vi um um Moskva e fui queimado até a morte; ainda me lembro :v)
  4. IbukiBolinho

    Primeiro Navio Premium, ajuda.

    Não acho que comprar camuflagem permanente seja o suficiente para chamar um navio de Premium, pois eles ainda assim não terão a possibilidade de transferir e treinar comandantes sem penalidade de retreino, como é o padrão dos navios Premium, e ao que parece, o nosso colega aí do tópico pretende fazer um investimento considerando esse fator. Pessoalmente, não sou muito fã dos leves, muito provavelmente porque comecei e me apeguei a linha japonesa e suas baterias de 203mm. Não sei se sua preferência se dá pelo calibre, mas fica esperto que os cruzadores alemães e franceses mudam para 203mm a partir do tier VII se não me engano, então se já chegou a conseguir IFHE com esses comandantes, acredito que essa habilidade não sirva para os navios desse tier ou maior.
  5. IbukiBolinho

    Smolensk

    O navio mais idiota do jogo, facilmente. Um cara fez um post no reddit apontando diversas incoerências nesse navio, dentre elas, uma já citada pelo Cpt que é o fato de ser um navio que pode usar fumaça, spammar HE com um bom alcance, indo contra aquela ideia de que cruzadores do tipo (os britânicos, no caso) seriam apelões se pudessem causar incêndio toda hora escondido na fumaça. Mas a coisa é mais além disso, um cruzador britânico eu sei que é feito de papel e em um movimento errado já era, já o Smolenks eu não sei de onde tiraram que é fácil cidadelar aquela porcaria. Para o argumento do "only AP" para os cruzadores britânicos, no mínimo o Smolensk deveria ser igual ou mais fácil de cidadelar, já que dentre seus pontos positivos ele tem, HE, antiaérea poderosa, torpedos (até onde eu me lembre, torpedos das linhas soviéticas em geral eram de curtíssimo alcance) e a p*rra de um sonar. Quando um Neptune ou Minotaur estão dentro da fumaça, pelo menos é possível jogar uns torpedos lá (e não me lembro qual dos dois ou até mesmo se os dois não podem equipar fumaça e radar juntos (vi numa gameplay do YouTube, posso estar enganado)). Em resumo, ele é "blindado" pelo mar e pelo ar quando escondido na fumaça. Eu entendo quando a WG diz que o povo tem um "bias anti-russo" em que hateiam qualquer coisa forte que seja russa/soviética, mas o Smolensk é um exagero. Vai contra todas as características e ideias feitas pensando no balanceamento para outros navios do jogo (como já citado, o "only AP" dos cruzadores britânicos), como se a WG tivesse tacado o dane-se, tipo "já que vocês odeiam qualquer navio soviético, mesmo balanceado, então que se dane, tomem essa porcaria aí". Na minha opinião pessoal, o desenvolvimento desse navio já deveria ter parado pelo simples fato de ser um "navio de papel" de uma época que eu duvido muito que poderia ser construído (isso é um outro debate, poderíamos até abrir um novo tópico separado para isto, e inclusive eu tenho interesse em fazê-lo, mas já adianto que pra mim até o Sovetsky Soyuz é aceitável para o jogo; enquanto há quem também seja contra ele).
  6. IbukiBolinho

    CV Dive Bombers Are Weak and Lame

    I don't know what Carrier you are talking about, but japanese AP bombs can deal, sometimes, more damage than torpedoes. I don't like american CVs but players that know play then can make a lot of damage with their bombs. The fact is, dive bombers depends more on RNG than anything. Sometimes the target is in a perfect position to be attacked, you aproach and... all the bombs miss... You need to know how to use then. "Slingshots"; not send all bombers at same time in ships with heavy AA (drop your bombs one time before run for the target); predict the next move of enemy ships to get best attack angles, etc. Japanese dive bombers can do 3 citadels sometimes, or even so miss the target (or hit the target but not penetrate), but you need to know what ships can be penetrated and what altitude to do it.
  7. IbukiBolinho

    a bandeira do meu país?

    Eu posso estar falando besteira, mas acho que lembro de alguma ideia da WG em adicionar as bandeiras dos países próprios de cada navio na linha Pan-Asiática. Sei que não é bem isso que você quis dizer, mas levando em conta que existe a possibilidade de haver uma linha Pan-SulAmericana, acho que cairia bem essa ideia. Infelizmente eu acho que vi essa informação há um bom tempo e ainda não temos a opção de colocar a bandeira da China, Coréia do Sul, Malásia, etc nos contratorpedeiros Pan-Ásia. Potuguês show de bola. E esse símbolo do U-96 aí, vejo que é um homem de cultura :v
  8. IbukiBolinho

    REDUZIR O PING !

    Já cheguei a usar algo do tipo em outros joguinhos f2p e não sentia muito os efeitos. 100 de ping num jogo "lerdo" como este já dá pra ficar contente. Essa taxa só influenciava um pouco (bem pouco, ao menos pra mim), nos porta-aviões RTS, em que as vezes a mira ficava marcada num lugar mas as metralhadoras dos caças podiam acertar um pouco fora na hora de abater outros caças, algo do tipo. Nas vezes que deu uma oscilação ferrada no ping aqui foi por causa da operadora mesmo.
  9. IbukiBolinho

    Invisibilidade

    O jogo não tem compromisso em ser realista, é assim mesmo. Sua sorte é estar postando isso no fórum brasileiro, porque no principal que é americano não dá nem pra contar o número de jogadores de contratorpedeiro cabeça-duras que tacam o dane-se pra outras classes e não ligam em ferrar o jogo com dramas desnecessários com qualquer coisa que possam feri-los (parece um certo grupo de jogadores de um tempo atrás, não?). Contratorpedeiros são navios que influenciam bastante uma partida. Fato e por isso devem ser o alvo prioritário de qualquer navio do jogo. O maior erro que eu vejo é que, quando estou spotando um, muita gente da equipe taca o dane-se, mesmo os cruzadores, que de fato podem fazer algo, preferem farmar dano em algum encouraçado por aí. Esse tipo de atitude leva a finais como esse. (Ainda mais que quando eu jogo de contratorpedeiro, é japonês, então os canhões são aquela coisa, e acabo precisando de suporte dos cruzadores ou outros contratorpedeiros aliados). São navios difíceis de jogar (se você tentar usar um, saberá), por mais que quando estejamos contra eles numa partida isso não fique tão claro (o mesmo vale pros CVs, pós 0.8.0 e na era RTS), já que conservar esse pouco de hp por toda uma partida, sobreviver a embates contra outros contratorpedeiros, capturar e até mesmo quando não há um porta aviões na partida, spotar, não é pouca coisa. É difícil que um jogador desse tipo de navio faça algo importante nas partidas e sobreviva até o final dela (tente se lembrar de todas aquelas partidas que seus DDs aliados morreram nos primeiros cinco minutos), exige atenção e planejamento porque uma entrada errada pode custar o navio. Não há muito o que fazer, encouraçados são mais fracos contra os contratorpedeiros no x1 por causa do reload demorado e por estarem na maior parte das vezes portando munições AP, mas jogos são assim mesmo, um pedra, papel e tesoura que cada um tem o seu próprio "assassino", e por ser o wows um jogo de equipe, sim, é preciso ajuda da equipe e o "assassino" do DD não depende muito de você (isso não é trivial, tem jogadores de encouraçado que sabem lidar com isso, seja avaliando a situação, posição e afins tentando prever os movimentos do DD aggressor. Aqui falo de vantagens entre classes e não de garantias). Outro dia eu tava lendo no Reddit algumas pessoas falarem que a mudança das munições AP dos BBs nos DDs foi totalmente desnecessária. Não entro no mérito de falar sobre isso porque não sei, mas trago essa informação a tona aí pra acrescentar nas discussão. Entretanto, acho totalmente válido discutir que é preciso fazer algo em relação a esta classe (contratorpedeiros). Dois pesos e duas medidas. Acho engraçado quando as pessoas reclamam de partidas de 2 CVs pra cada time mas acham de boas partidas com 4 DDs pra cada time, sendo que eles também tem um grande poder de influência. Na minha opinião, deveria haver um limite de até 3 DDs pra cada lado (se o pessoal não gosta de 2 CVs, também me vejo no direito de ser radical :v), ainda mais nas ranqueadas, que como pode ver na temporada atual, no rank 10 pra cima está comum ver muitos DDs (tá chato, sem variedade). Não vejo como solução mexer no ocultamento porque é uma das mecânicas base do jogo e importantíssima para essa classe de navios (contratorpedeiros), que foi desenhada justamente pra jogar escondido, aparecendo somente no momento certo, fazendo ataques surpresa. Sem isso eles seriam inviáveis, mas veja pelo lado bom, stealth fire so existe dentro da fumaça. Você como um jogador de encouraçado tem a desvantagem de não sentir muito positivamente o ocultamento, já que pra essa classe, no geral, é terrível, mas tenta ver como é do outro lado, porque isso pode lhe ajudar a combatê-los e prever os movimentos deles.
  10. IbukiBolinho

    O fim dos DDs

    Minha esperança está nos canhões de maior calibre mesmo. Na primeira vez que joguei com o Lá Galissonniére, tinha 1400 de dano causado pra 32 projéteis atingidos nos primeiros minutos da partida (algo assim, mas também era burrice minha de atacar alvos melhor blindados com canhões menores que os de 203mm que eu estava acostumado). Se não colar, bola pra frente e vou ver se melhora no Charles Martel :x Pra navio de papel já tô acostumado com o Ibuki nas partidas contra tier X xD
  11. IbukiBolinho

    O fim dos DDs

    Isso é verdade, de geral querer pegar o título de "kill". Outri dia mesmo eu estava tentando usar meu La Galissonniére (nome complicado esse hein) e fiquei com... ~150 de hp e ainda sobrevivi pra trocar uns tiros contra um DD, um CL e um BB (porque fiquei atrás da montanha e desviando dos tiros :v) mas foi notório como todos preferiam me pegar ao invés de focar em alvos de melhor relevância, que estavam mais próximos e oferecendo maior risco. Aí eu fiz uma entrada errada, dei de cara com a frota inimiga e afundei. Meio off Topic, mas tenho de demonstrar que estou contente de estar quase desbloqueando o Algérie porque o "Lá Gal" é muito fraco :x Cruzador francês é divertido até o tier V e depois trolla no VI. Assim, chego finalmente no tier VII que tanto falo (espero que não seja um navio fraquíssimo como o Lá Gal). Só pra não fugir do tópico: Apesar de ter parecido um ferrenho defensor de porta-aviões neste tópico, minha classe favorita do jogo é... Cruzador. Se duvidar, joguei de porta-aviões tanto quanto os próprios contratorpedeiros visto que antes do rework, tinha apenas o Hiryuu enquanto o meu Akatsuki já estava lá upado nas mesmas proporções (tá, eu também tinha o Ranger totalizando dois CVs tier VII contra um DD tier VII, mas é porque tem tantas linhas de DD com tantas particularidades que eu realmente não sabia qual pegar. No fim, decidi que quero a "metralhadora japonesa" que é o Akizuki e isso é graças ao atalho que foi aquele Hatsuharu totalmente equipado e com camuflagem que deram de evento, e cá estou agora com o Shiratsuyuu buscando esse "patinho") Então, ao contrário de muito jogador de DD por aí (falo com base dos jogadores do fórum americano mesmo, em que um teve a cara de 'pal' de dizer que não precisa e não faz questão de jogar com a outra classe porque só a impressão e "visão de mundo" dele já basta, e uma cambada ainda deu joinha e concordou) , eu e mais uma galera que comentou no tópico tem a visão de ambas as classes e isso é importante pra entender os pontos bons e ruins de cada uma, sendo possível entender melhor como criar contra medidas e se realmente precisar fazer críticas, fazê-las de modo coerente. Volto a repetir, DDs japoneses (e outros em geral) se f*deram por causa do exato mesmo escândalo que jogadores de encouraçado faziam. Agora olha que engraçado, até hoje quando um jogador vem ao fórum demonstrar descontentamento ao enfrentar DDs, dizendo que são muito roubados, o que os jogadores de DD fazem? Recomendam o cara a jogar com a classe pra ver que não é tudo isso... Desculpe Alex, essa dos DDs não foi pra você, não precisa ler até o final sobre isso. Mas agora é pra você :v De fato não dá pra ir muito longe em Coop por causa dos créditos, mas até mesmo algumas missões de evento exigem somente partidas aleatórias. Eu estou surpreso que da pra fazer essas diretivas no coop. Um dos incentivos pra eu sair do Coop foi justamente créditos e exp quando comecei a jogar (na época eu tinha acabado de desbloquear o tier II japonês e tava achando demorado ir até o III, algo assim, só sei que foi em tier baixo xD). Já tentou o modo operações? É contra bots, um pouco mais difícil que Coop porque precisa de um mínimo de colaboração com a equipe, mas tirar quatro ou cinco estrelas da bastante exp e créditos.
  12. IbukiBolinho

    O fim dos DDs

    Tier 6 é zoado mesmo, apesar de ser um dos tiers que mais gostava de jogar. Não vejo problemas em ter partidas com navios de dois tiers acima, mas vejo problema na parte em que muitas vezes isso ocorre com esses navios sendo predominantes na partida e os de tier 6 serem a minoria. Já sendo navios fracos perante os tier 8 e em menor quantidade, as coisas ficam difíceis. Tier VII eu considero ser o mais divertido, mas ainda assim haverão partidas na mesma situação, porém contra navios tier IX, mas a essa altura os navios de tier VII já são melhorzinhos pra dar conta. Dizem que, embora chata essa situação, você ganha mais xp e créditos (este eu não sei, me corrijam se eu estiver errado) do que ganharia lutando contra navios de mesmo nível. Então se conseguir afundar um navio de tier maior, terá, teoricamente, prêmios melhores. Quanto a custos, esta tabela pode te ajudar: disponível neste link https://wiki.wargaming.net/en/Ship:Economy OBS: Não inclui custos extras com projéteis disparados, aeronaves perdidas ou torpedos disparados. É o custo por simplesmente botar o navio na água, mas no link tem as tabelas com esses detalhes. Já foi muito comentado que é porque isso força os jogadores a não se concentrarem nos tiers altos e jogarem também com os tiers baixos e blá blá blá e é isso mesmo, se não tem premium ou camuflagem pra estes navios, tem que jogar algumas partidas em tier menor ganhando um bom saldo positivo pra cobrir o negativo dos tier X. O problema é que algumas classificatórias exigem tier X. Jogar em coop dá pouco crédito e xp mesmo. Quais seriam os seus problemas quanto as partidas aleatórias?
  13. IbukiBolinho

    O fim dos DDs

    Fatos e dados. Já não restam mais dúvidas que sim, boa parte da comunidade de jogadores de destroyers foi (e ainda é) cancerígena, tóxica e irracional, apontando o dedo para os porta-aviões sem filtrar de fato o que estava incoerente e o que não estava, fazendo milhares de posts exagerados (alguns até pedindo o fim dos porta-aviões) baseados na emoção e não na razão. Posso ir mais longe e dizer até mesmo que foi desonestidade por parte desses jogadores cuja maior parte sequer tocou em um único CV (e ainda é debatível os que o fizeram, já que, ao menos os antigos CVs pré 0.8.0 eram desequilibrados em tiers baixos sendo possível ter um bom parâmetro somente a partir do tier VI), que falavam tendo como base apenas a própria experiência jogando em DDs, uma visão de bolha. Agradeço também que relembraram onde toda essa palhaçada começou: Com os jogadores de encouraçados no passado, reclamando de qualquer coisa que pudessem ferí-los. É bom conservar bem essa história e lembrar a série de nerfs que os contratorpedeiros levaram por causa disso (que ironicamente, passaram a agir do mesmo modo que seus carrascos do passado). Jogo com todas as classes, umas mais do que outras (Cruzadores), mas me divirto bastante com todas elas e é uma experiência diferente ter a visão daquele BB que meteu uma cidadela a mais de 18 km de distância; daquele contratorpedeiro que nem foi visto mas deixou 6 peixinhos explosivos de presente; daquele porta-aviões que veio, deixou suas bombas e vazou. Todas são experiências frustrantes se vistas somente do ponto de vista de quem levou a pior, mas uma análise mais séria parte de quem já esteve nesses papéis também e sabe o contexto de como elas ocorrem, os obstáculos que devem ser desviados para executá-las, etc. (coisa que a maior parte dos jogadores do fórum NA que estavam diariamente criando tópicos reclamando jamais fizeram). O problema dos "Main alguma coisa" é justamente esse. Eles conhecem e executam muito bem o que fazem, mas tendem a desconhecer o que os outros fazem e o mesmo pode ser aplicado ao contrário. Quantas vezes vi um jogador chato no chat que, a partir de seu cruzador mandou um DD ir capturar uma área, sem oferecer cobertura e num momento totalmente inviável e inconveniente? Isso é puro desconhecimento de como a outra classe opera. Logo, sabendo que uma grande parte dos jogadores do fórum NA que "militam" contra os porta-aviões é assim, que credibilidade eles tem para contribuir com a veracidade do que acusam? Numa linguagem mais popular, "que moral eles tem pra falar isso?". Que base? Não, a maioria não é parâmetro para justificar algo quando essa maioria simplesmente não tem conhecimento algum sobre o que estão falando.
  14. IbukiBolinho

    O FIM DOS CVs

    Eu nem usava os bombardeiros de mergulho. talvez porque jogo com os porta-aviões japoneses e conseguir cidadela pra dar um dano legal é só em situações muito específicas, diferente das bombas americanas. Ontem uma dessas situações aconteceu: De um Shoukaku, tirei 16000 de vida de um Fuso que estava sem cobertura (o cruzador deixou ele só) e isso me fez querer experimentar mais esses aviões. Até que não senti muita diferença. Aparentemente, isso atinge mais as bombas dos americanos mesmo. Entretanto, é notável sim o esforço que a WG está fazendo pra nerfar os porta-aviões e tudo isso por causa de jogadores chorões. O que mais vejo é jogador de DD reclamando de levar foguete de aviões dois tiers acima, como se isso lá fosse problema com a classe do navio e não com esse sistema quebrado de -2/+2. Mas esse povo tem memória curta também. A desculpa é sempre a mesma "Ah, mas os DDs também foram muito nerfados no passado". Por que não contam a história toda e digam que isso só aconteceu por causa de jogadores chorões de encouraçados? E agora fazem exatamente a mesma coisa: choram dizendo que os porta-aviões é que precisam de nerfs e mais nerfs. Não tem muito a ver também mas, notei que a comunidade desse jogo tá ficando tão tóxica quanto a WoT, principalmente os americanos (obviamente porque tem muito mais jogadores americanos já que este é o servidor NA rs). É gente toda hora se xingando, falando besteira no chat, uma palhaçada total. E a parte divertida é: são esses caras que pesam pra WG fazer o "balanceamento" do jogo. A bola da vez são os CVs. Quero ver quando tirarem do navio que essa galera gosta. Tentei ser compreensivo, buscar os pontos negativos e positivos de cada coisa, mas o incentivo que se tem nesse ambiente é o de conflito. Se vier alguma atualização que ferre com os DDs, eu vou é dar risada. E pensar que uma vez já defendi os DDs nessa história dos nerfs deles. Nota: Quanto ao balanceamento atual, eu só gostaria que revisassem os ganhos e custos dos porta-aviões. A perda de créditos por aeronave perdida não anda batendo com os ganhos por derrubar uma aeronave. Como a WG quer incentivar que os porta-aviões ajudem a defender seus aliados desse jeito?
  15. Já vi alguém se referindo a isso como "camuflagem tier 10 é o carro chefe da grana que a WG recebe" Acho que nunca teve e nem vai ter. Eu ao menos nunca vi.
×