Elessar_warrior

Members
  • Content count

    139
  • Joined

  • Last visited

  • Battles

    9973

Community Reputation

29 Neutral

6 Followers

About Elessar_warrior

Profile Information

Recent Profile Visitors

157 profile views
  1. Vão lançar soon™. Estão testando eles faz meses, e acho q depois das ranqueadas eles estão aí. Geralmente eles alternam lançamento de linhas com temporadas ranqueadas e eventos.
  2. Better get used to it couse there is coming soon a regular line of radar battleships.
  3. Same error window here. Performing WG check. (EDIT) Problem solved - report file below WoWS_report.wgc
  4. I got a ship once.
  5. I've won this thing with only 4 players
  6. Quando essa linha sair a gente pode mt bem encontrar times como esse: Será q seria fácil de jogar contra?
  7. I think we should imagine the scenario when the RN BBs will be realease: We can pretty sure have some things like this in the enemy team: Honestly, if im a gearing, can you imagine how insane would be this permanent radar zoning? Makes me feel like my presence in this battle dont matter.
  8. Talvez T6. Se ele fosse colocado no T7 precisaria de alguma compensação por causa da torre e tubos de torpedo a menos. Maybe T6. If she were placed on T7 she would need some compensation because of the turret and torpedo tubes that are lacking.
  9. Estava procurando informações sobre navios na segunda guerra quando vejo esse navio brasileiro que me pareceu familiar: O navio da foto é o Contratorpedeiro (destroyer) Marcílio Dias. Ele originou uma classe de 3 embarcações que foram construídas no Rio de Janeiro para ajudar na defesa dos navios mercantes brasileiros contra os submarinos alemães. A ele se seguiram o Mariz e Barros e o Greenhalgh. Foi baseado no projeto da classe Mahan americana. Foram os primeiros navios de grande porte construídos no Brasil. Fez parte, por exemplo, da escolta do 4º esquadrão da Força Expedicionária Brasileira para a Itália, que transportava um efetivo de 4.691 homens. Já para o final da guerra o país construiu outros contratorpedeiros baseados na classe Gearing, mas devido à ameaça alemã já não ser crítica a construção foi atrasada e só foram incorporados na Marinha depois da guerra. Basicamente, o Marcílio Dias é um Mahan com 1 canhão e 1 set de torpedos a menos, mas com canhões antiaéreos extra. Imagina essa belezinha no jogo? Outra fotos: LINKS: http://www.naval.com.br/ngb/M/M027/M027.htm https://en.wikipedia.org/wiki/Marc%C3%ADlio_Dias-class_destroyer
  10. Po barbanegra não joga mais de DD japonês, eles são um lixo. Se quiser ganhar joga de DD americano.
  11. Aonde existe trapaça?
  12. Vc escolheu a linha certa. Os cvs americanos são horríveis mesmo depois do tier 6. No t6 vc vai conseguir fazer o ataque do alt com os fighters, e então o que vai mais importar não vai ser a vida deles, mas sim o número de esquadrôes, e em número de esquadrôes os japas são melhores. Pode olhar no Warships Today, todos os cvs americanos tem menos de 50% de win rate e os japoneses mais de 50%. Ah e outra, o que importa pra cv é dar dano e influenciar o jogo, anular o cv inimigo com fighter mts vezes não significa muito, e nisso os japas são melhores tb, com mais torpedeiros.
  13. Midway tá horrível, não joga com esse navio não. Com o Hakuryu vc faz crosstorp e mata destróiers como se fosse moscas. Ah, e sobre as secundárias, porque não usar as secundárias manuais?
  14. Não acho os DD japoneses bons no momento. Com um navio bom dá pra fazer dinheiro até no tier 9 e 10.
  15. Eu to acompanhando bastante os comentários dos gringos e ouvi falar mt bem do 3, 7,8, e talvez 10. To com mt curiosidade pra saber se o HIV vai ser bom com IFHE, vai penetrar deques de 50mm.